Postagens

Redes socias: Mocinha ou vilã?

Imagem
   Estamos vivendo uma onda avassaladora das redes sociais em nossa sociedade. Antes, tínhamos amigos de "carne e osso" hoje são em sua maioria virtuais, distantes, desconhecidos. São absurdos postados em tais redes que por muitas vezes enoja. Os livros foram postos a segundo, ou décimo plano, pessoas andam distraídas acessando as "benditas redes". São facas de dois gumes,pois, claro, tem seu lado útil e muito, porém quando a utilizamos para um bom objetivo. Sinceramente, não sei o que está por vir em ramo tecnológico, mas não sei se ajudará na evolução intelectual das gerações vindouras.
    Onde ficou o almoço familiar juntos? A troca de abraços, carinho entre amigos? Os causos do avô ao fim da tarde?
    Ficaram nas lembranças de um passado nostálgico das quais nos resta recordar e contar aos filhos, netos e futuras gerações e torcer para que acreditem que tudo isto aconteceu um dia.

Que fim nos espera?

Imagem
 O sertão em tempo de estiagem expulsa o sertanejo das suas moradas encurralando-os nas cidades. A seca prolongada é a marca predominante no sertão nordestino. Quem viveu em nossa região nos finais dos anos 90 até meados de 2000 lembra-se muito bem como era a nossa situação com relação a chuva. Nosso rio raramente secava, víamos a agricultura ser a base do sustento de muitas famílias.Hoje, percebemos com grande tristeza o nosso rio agonizando a cada ano. Terrenos antes produtivos, hoje tomados pelo mato. Aliados a tudo isso a grande crise financeira pela qual passa o nosso país temos que ver a cada ano nossa gente a procura de nova vida em outros estados. Nossa população a cada ano que passa está se tornando
cada vez menor. Corremos o risco de em alguns anos nos tornar terra abandonada? Só o tempo tem a resposta.

Abelhas aprendem a usar ferramentas – e ensinam truque às colegas

Imagem
    São poucos os animais que usam ferramentas naturalmente: nós, os macacos, alguns pássaros e as lontras – tão espertas que carregam por aí, em uma bolsa natural, uma pedra usada para abrir as conchas de moluscos. Mas isso não significa que outras espécies não possam aprender bons truques.
Uma simpática abelha de laboratório britânica aprendeu a rolar uma bolinha de gude até ela cair em um orifício. Quando a missão era cumprida, uma engenhoca criada pelos cientistas liberava açúcar. Ao notar o almoço grátis, a pioneira tratou de ensinar o truque às colegas, que passaram a empurrar suas próprias bolinhas sem estímulo prévio – conscientes de que a ação acabaria em sobremesa.
Para confirmar que a ação não era só imitação, os pesquisadores da Universidade Queen Mary, em Londres, criaram duas situações diferentes: em uma, várias bolinhas são distribuídas em torno do orifício, mas as que estão mais próximas da meta ficam coladas no chão. Na outra, não há cola, e as abelhas pod…

Entrevista Exclusiva com o escritor Max Moreno

Imagem
MAX MORENO é escritor romancista, poeta, contista e redator publicitário. Seu livro de estreia, A OUTRA SOMBRA (THE OTHER SHADOW), tem publicações no Brasil, Estados Unidos, Canadá e Inglaterra. Com o conto, VINTE PRATAS, Max participa do coletivo BIG BUKA, publicado pela editora OS DEZ MELHORES, em homenagem ao escritor estadunidense CHARLES BUKOWSKI. Moreno tem vários contos publicados na plataforma AMAZON KINDLE. Entre eles, o conto ALÉM DE MIM, também com versão em Inglês. Conheci-o há alguns anos pelas redes sociais e tornamo-nos amigos. Tive o prazer de receber de suas mãos um exemplar do seu livro "A Outra Sombra" que confesso a vocês tem um enredo fascinante. O VARZINHAEMFOCO teve o enorme prazer de entrevistá-lo via e-mail a qual reproduzimos a seguir:

V.F: Max, como você se definiria para os leitores do VARZINHAEMFOCO.
M.M: Bem, essa não é uma pergunta muito fácil de ser respondida, uma vez que, quase sempre a nossa vaidade nos impede de termos uma visão mais realis…

Rio do Pires contra a dengue

Imagem
Nesta Sexta 26 de fevereiro o Colégio Estadual Paulo VI, com toda sua equipe de
 Professores, alunos e Funcionários, fez uma mobilização pelas ruas e praças de Rio do Pires, em prol da campanha para combater o mosquito AEDES AEGYPTI. Que vem causando doenças como: Dengue, Zika Virus, Chikungunya pelo nosso País.
Esperamos que a população Riopirense tenha se sensibilizado com mensagem transmitida e cada um faça sua parte para combater esse mal.










Fonte: Riodopires.net

Futebol de Campo

Imagem
Após a construção de quadras poliesportivas nas comunidades os campos ficaram meio abandonados.Aqueles treinos, jogos no fim da tarde são coisas raras, contudo ainda existem algumas localidades que mantém acesa este antigo costume.
 No sábado, 26, na comunidade de Cabeça da Onça foi realizado um torneio para a inauguração de uma bar próximo ao campo. Com uma equipe local e duas do povoado de Varzinha os jogos foram bem atrativos.
Na primeira partida a equipe principal de Varzinha venceu a equipe B por 4 a 3, garantindo assim vaga na final. A final foi disputada entre as equipes de Varzinha x Cabeça da Onça. O time varzinhense acabou sendo campeã vencendo o jogo por 4 a 1.

Tradicional Vírgilia Pascal em Surubim

Imagem
Na noite, em que Jesus Cristo passou da morte à vida, a Igreja convida os seus filhos a reunirem-se em vigília e oração. Na verdade, a Vigília pascal foi sempre considerada a mãe de todas as vigílias e o coração do Ano litúrgico.
A comunidade de Surubim realizou este ano mais uma vez Virgília Pascal.
Seguem fotos retirados do facebook de Marleide Silva